Paellas

Muito do que eu gosto de gastronomia e culinária vem dos meus pais. Minha mãe cozinha muitíssimo bem e consegue fazer um banquete mesmo que aparentemente não tenha nada nem na geladeira, nem na despensa. Já meu pai não cozinha com tanta frequência, mas ele tem os pratos especiais dele.

A paella é um desses pratos.

Para quem não conhece, paella é um prato de origem espanhola, um arroz temperado com açafrão e incrementado com frutos do mar. Em algumas versões da receita, podemos ver frango e carne de porco como alguns dos ingredientes. E é uma receita versátil, você pode fazer com os frutos do mar que encontrar, eles não são mandatórios (só o camarão por cima que dá um super charme para a receita, rs).

Ela é uma receita para comer com amigos. Assim como a feijoada, não dá para fazer “pouquinho”. Quando você se esforça muito para fazer uma paella menor, ela serve fácil dez pessoas. E é um prato super fotogênico, é servido em uma só panela e causa um impacto enorme. É uma receita festiva, com certeza.

Eu acho esse prato muito característico do meu pai, um prato cheio de pertences do mar, próprio para dividir com os amigos. E ele já fez tantas vezes que virou especialista. Quando pedi as fotos para ele, mandou uma galeria inteira de paellas! Sortudos são os amigos que podem comer com frequência, já que com a distância que estou dele fica um pouquinho difícil estar presente em todas.

Eu vejo por aí restaurantes que cobram caríssimo por essa iguaria! Então eu penso, por que não arriscar fazer? É sempre muito mais divertido. E meu pai me passou as dicas deles, e eu, como sempre sou muito legal, vou dividir com vocês. Bom apetite! =)

Essa versão não teve ervilhas.

Essa versão não teve ervilhas.

PAELLA DE FRUTOS DO MAR (para 40 pessoas)

Ingredientes:

Caldo de Peixe:

  • 1 talo pequeno de salsão fatiado
  • 1 alho-poró fatiado
  • 3 galhos de salsinha inteiros
  • Cascas e cabeças de camarões que serão usados na paella
  • 1 cabeça e espinhas de peixe
  • 1 colher de sobremesa de pimenta-do-reino em grãos
  • Uma folha de louro
  • 1 cenoura cortada em três pedaços
  • 1 cebola cortada em quatro pedaços
  • 3 litros de água
  • 1 xícara de vinho branco
  • 2 colheres de chá de sal

Paella:

  • 500 ml de azeite (até mais se você quiser)
  • 5 kg de camarão cinza médios limpos
  • 1 kg de lula limpa e fatiada
  • 2 kg de marisco sem casca
  • 0,5 kg vôngole sem casca
  • 1 kg de carne de siri
  • 0,5 kg polvo limpo e cortado
  • 6 cebolas médias picadinhas
  • 12 dentes de alho picados
  • 1 pimentão vermelho (1/4 do pimentão picado para refogar junto, e os outros ¾ em tiras para decorar)
  • 1 pimentão amarelo (1/4 do pimentão picado para refogar junto, e os outros ¾ em tiras para decorar)
  • 2 kg de arroz branco
  • 5 tomates picados sem a casca
  • 2 caixinhas de 12 g cada de açafrão (pode ser em pó ou em pistilos, mas não confundir com açafrão da terra)

Para decoração:

  • Os ¾ de pimentão que sobraram, cortado em tiras.
  • 40 unidades de camarão grande com casca para decorar
  • 300 g de ervilha fresca congelada para decorar

Modo de Preparo:

Caldo de peixe:

Lave a cabeça e as cascas de camarão, coloque em um caldeirão grande. Adicione todos os ingredientes e a água e deixe ferver até todos os legumes estarem macios. Reserve, você irá usar esse caldo para cozinhar o arroz.

Paella:

Em uma panela com azeite, refogue os frutos do mar aos poucos (menos o camarão para decoração) por poucos minutos, até adquirirem uma cor esbranquiçada. Não refogue por muito tempo para não ficarem borrachudos. Retire do fogo e reserve.

Na mesma panela, em fogo alto, adicione um fio de azeite e vá grelhando os camarões com casca, para decorar, de pouco em pouco, até ficarem dourados. Não esqueça de temperar com sal. Retire do fogo e reserve.

Em uma panela própria para paella, ou uma frigideira grande e rasa, adicione o azeite e refogue a cebola e o alho até dourarem. Em seguida acrescente o tomate e os quartos de pimentão amarelo e pimentão vermelho. Vá refogando até começar a “pegar” um pouquinho no fundo. Acrescente o açafrão e duas colheres de chá de sal. Adicione o arroz e refogue bem. Misture e comece a acrescentar o caldo do peixe (coado), três conchas por vez. Não é para acrescentar o caldo todo, e sim aos poucos. Vá adicionando o caldo e cozinhando.

Quando o arroz estiver al dente, adicione os frutos do mar refogados (menos os camarões com casca). Experimente e corrija o sal da paella. Coloque por cima os camarões, as tirinhas de pimentões e as ervilhas e não mexa mais. Coloque mais um pouco de caldo e vá fazendo isso até o arroz ficar quase no ponto.

Assim que o arroz estiver quase no ponto e o caldo seco, desligar o fogo e tampar a paellera. Abafar por quinze minutos. Servir com limão cortado.

E aí pai? Escrevi certo? =)

Bom apetite!

P.S. – meu pai me deu uns updates na receita, então eu atualizei, ok?

Um fogo forte é muito útil nessas horas. Essa também teve lagostins e vagens para incrementar, além de outros ingredientes que podem ser adicionados a seu gosto.

Um fogo forte é muito útil nessas horas. Essa também teve lagostins e vagens para incrementar, além de outros ingredientes que podem ser adicionados a seu gosto.