Sopa de peixe do meu avô

Acredito que todo mundo tem um prato do qual não era muito "amigo" quando criança, mas quando cresce e experimenta de novo, só falta chorar de emoção, rs. Uma dessas receitas, para mim, é essa sopa de peixe, ou cioppino.

Quem trouxe essa receita para minha vida foi meu o "Vovô Menino". Reza a lenda que esse prato era feito pelos pescadores genoveses, que colocavam na panela tudo o que não tinha sido vendido no dia. Não sei ao certo como a receita foi introduzida na família, mas acredito meus bisavós (que conviviam com aquele ambiente de porto devido à profissão do meu bisavô, que era capitão de navio) tenham preparado para meu avô. Junto com a receita manuscrita que encontrei em seu caderno, também havia diversas versões dessa sopa da Itália, França e até mesmo Espanha.

A famigerada, e agora muito querida, sopa de peixe.

A famigerada, e agora muito querida, sopa de peixe.

Confesso que quando criança, eu via aquele caldeirão e já pensava "Ai meu Deus, lá vamos nós...". Mas, como éramos comportados, tínhamos que comer tudo porque meu avô ficava de olho. Ah, mas o ponto alto era o pão italiano que ele temperava com alho e colocava no fundo do prato de sopa. Uma fatia era pouco para mim. No entanto, eu gostava mais da família reunida e da festa do que dos pedaços de peixe no meu prato.

E era assim: para fazer essa sopa de peixe tinha que ter bastante gente, porque pro meu avô  - que era exagerado por natureza - era impossível fazer "pouquinho".

E ela tinha muitos elementos que traduziam um pouco da nossa família: o mar, os peixes, a Gênova, pescaria e comida saborosa.

Conforme a gente cresce, nosso paladar muda, e me lembro direitinho de quanto eu "entendi" esse prato e passei a gostar muito: meu aniversário de dezesseis anos. Por coincidência, meu avô preparou essa sopa nesse dia. Comia e pensava: "gente, mas isso aqui não é demais mesmo?".

O processo de achar a receita e prepará-la foi muito divertido e rendeu muitas lembranças. Faça como a gente, chame os amigos, abra uma garrafa de vinho e... o resto é história! Bom apetite!

Precisei da ajuda do meu pai e da minha avó para traduzir a letra do meu avô, rs.

Precisei da ajuda do meu pai e da minha avó para traduzir a letra do meu avô, rs.

SOPA DE PEIXE À MODA GENOVESA - CHUPIM (para 6 pessoas comerem bem)

Caldo:

  • 1 cabeça e 1 espinha de peixe
  • 1 cebola cortada em quatro partes
  • 3 dentes de alho cortados ao meio
  • 1 alho-poró fatiado
  • 1 talo de salsão fatiado
  • 3 galhos de salsinha
  • 6 grãos de pimenta-do-reino
  • 1 folha de louro

Sopa:

  • 2 cebolas picadas
  • 1 alho-poró picado
  • 6 dentes de alho picados
  • 1 talo pequeno de salsão picado
  • 1 talo pequeno de erva-doce picada
  • 500 g de tomates sem pele e sem semente picados
  • 0,5 kg de camarão médio
  • 0,5 kg de lula
  • 1 kg de marisco na concha
  • 2 kg de vôngole na concha
  • 12 ostras
  • 250 g de carne de siri
  • 6 mini polvos
  • 1 kg de peixe de carne firme - robalo, garoupa ou outro.
  • 3 pimentas dedo-de-moça picadas grosseiramente
  • 1 xícara de salsinha picada
  • Sal a gosto
  • Pão italiano
  • Alho para temperar o pão

Modo de preparo (explicarei por etapas para ficar mais prático)

1 - Deixe as vôngoles com casca de molho na água salgada para soltar areia, se houver. Troque a água algumas vezes.

2 - Limpe os mariscos: remova a crosta que envolve a casca e retire as fibras (barba) dos mexilhões.

3 - Depois de limpos, coloque as vôngoles, os mariscos e as ostras (todos nas conchas) em uma panela grande, com apenas um dedo de água. Tampe e deixe ferver somente até abrir as conchas. Coe e reserve o caldo que se formará no fundo: ele dará sabor a sopa de peixe.

4 - Enquanto isso, faça o caldo de peixe: coloque todos os ingredientes em uma panela, cubra com 2 litros de água e deixe ferver por 1 hora.

5 - Enquanto o caldo ferve, tire os mariscos, vôngoles e ostras das cascas. Reserve as carnes e despreze as conchas.

6 - Depois que o caldo ficar pronto, coar o líquido e descartar a cabeça, espinha e legumes. Começar a fazer a sopa. Refogar a cebola, o alho, o alho-poró, o salsão e a erva-doce até dourarem. Após isso, adicionar o tomate.

7 - Assim que o tomate desmanchar, adicionar aos poucos o camarão, depois a lula, os mariscos, vôngoles, as ostras (junto com o caldo) e a carne de siri. Refogar, temperar com sal e cobrir com o caldo de peixe.

8 - Enquanto a sopa ferve, colocar algumas fatias de pão italiano para torrar. Depois que torrar, raspar um dente de alho cru na superfície da torrada. Reservar.

9 - Depois da sopa ferver por alguns minutos (de 5 a 10 minutos), adicionar o peixe e as pimentas picadas. Por último, adicionar a salsinha.

10 - Colocar as fatias de pão temperado no fundo do prato, colocar a sopa por cima do pão e finalizar com azeite e salsinha. Bom apetite!

Salute!

Salute!